Imagem

Como fazer saques da sua conta corrente no exterior e conseguir moeda estrangeira com economia

Muita gente pergunta como levar dinheiro para a viagem. Uma das formas mais fáceis e baratas é a realização de saques em moeda local da função débito. A maioria dos bancos oferece este serviço (com exceção da Caixa). O processo é simples: você usa seu cartão em um caixa eletrônico do exterior e o valor é debitado automaticamente em sua conta corrente. A vantagem deste processo está na cotação (que fica cerca de dois centavos acima do dólar comercial). Abaixo segue um passo a passo do processo:

1.Desbloqueie o cartão
Antes de viajar é preciso desbloquear seu cartão, avisando que vai usar ele no exterior. A maioria dos bancos permite este desbloqueio pelo Internet Banking.

2. Localize os caixas eletrônicos
Nos EUA você pode procurar caixas eletrônicos com a sigla ATM. Eles estão em quase todos os lugares: shoppings, hotéis, postos de combustíveis, etc.

image

3. Usando
a) Insira o cartão e aguarde as opções.

image_1image_3

b) Muitos dos caixas oferecem várias opções de idiomas. Neste caso, foi solicitado o inglês.

image_4

c) Selecione o tipo de saque. Aí está a pegadinha. Se você selecionar crédito, vai pagar IOF* do cartão de crédito. Por isso, se você estiver usando cartões múltiplos (débito e crédito) cuidado com esta opção. Selecione a opção débito e coloque a sua senha (a mesma que você usa no Brasil).

image_5

d) Na opção de saque selecione Checking.

image_10

e) A máquina vai perguntar se quer recibo. Selecione Yes.

image_11

f) Selecione o valor. Existem diversos caixas com limites diferentes. Alguns em shoppings possuem limites mais altos. Normalmente o limite máximo é de 300 dólares em postos de combustível e hotéis. Em shoppings, como foi o caso deste, o limite estava em 800 dólares. Quanto maior o saque mais barato fica o valor da cotação.

image_14

g) Se você clicar em “Other” vai aparecer a opção de inserir o valor. Alguns caixas dizem os limites de saque.

image_15

h) Taxa do Caixa Eletrônico estrangeiro: os caixas cobram uma taxa que varia de 4 a 6 dólares independente do valor sacado. Neste caso me abocanharam 4 dólares. Clique em “Accept Fee”.

image_18

i) Tire o cartão e pegue o dinheiro.

image_19

3. Custo final
image_21

Para comparar, vamos aos custos da operação:

Saque: US$ 800
Taxa do Caixa Estrangeiro: US$ 4,00
Valor Total em Dólares: US$ 804,00
Valor Debitado em minha Conta: R$ 1.772,82
IOF: R$ 6,74*
Custo Saque cobrado pelo Santander: R$ 15,00
Custo Total: R$ 1.794,56
Cotação final do saque: R$ 2,2432
Cotação do dólar no dia do saque: R$ 2,218
Cotação do dólar na casa de câmbio: R$ 2,45 (aproximado)



Como pudemos acompanhar neste excelente tutorial do Marcos, a vantagem financeira costuma ser significativa. Mas isso não é tudo. Confira mais algumas dicas:

– Os saques não são feitos pela rede do seu banco, mas sim pela operadora de crédito. Os cartões Visa usam a rede Plus e os Mastercard a rede Cirrus. Você pode procurar essa identificação, mas geralmente os caixas usam as duas redes!

sacar-dinheiro-exterior

– Ao sacar nos caixas ATM você consegue o valor em moeda local. Isso é ótimo para quem está viajando para países que não usam dólar ou euro e cujas moedas sejam difíceis de serem encontradas no Brasil!

– Os saques são também uma forma de economizar tempo durante a viagem, já que você não precisará pesquisar casas de câmbio nem enfrentar filas para fazer a compra!

Encontre os caixas automáticos ao redor do mundo:

Mastercard Cirrus
Visa Plus

Saiba mais informações tarifas no site do seu banco:
Banco do Brasil
Bradesco
Citibank
HSBC
Itaú
Santander

Referência:
www.melhoresdestinos.com.br/saque-debito-conta-corrente-viagem-exterior...